Alice Mabota (pioneira na defesa dos Direitos Humanos), Inocêncio Manhique e Anastácio Matavele receberam os primeiros três cartões. E receberam apoio financeiro de 11.000 dólares, 1.000 dólares, 1.000 dólares, respectivamente.