Greve entra no 29.o dia e os médicos não desarmam